Psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica, benigna, com vários genes envolvidos, com provável predisposição genética. Caracteriza-se por lesões avermelhadas e descamativas, prateadas, normalmente em placas, que geralmente aparecem nos locais de articulação como cotovelos e joelhos, bem como no couro cabeludo. Não é uma doença contagiosa e, por isso, não é necessário evitar o contato físico com outras pessoas.

Além da genética, também estão envolvidos no aparecimento e evolução da doença: fatores psicológicos, estresse, exposição ao frio e uso de certos tipos de medicamentos. Ocorre em homens e mulheres, principalmente antes dos 30 e após os 50 anos. No entanto, em 15% dos casos, pode aparecer ainda na infância.

O tratamento é feito principalmente mediante diagnóstico clínico e, dependendo do quadro apresentado, recomenda-se desde o uso de medicações locais nos casos mais brandos, até tratamentos mais complexos para os casos mais graves. Hidratação da pele, exposição controlada ao sol e uma vida mais saudável sem estresse, são imprescindíveis.

Não há como prevenir a psoríase ou acabar definitivamente com ela, mas é possível controlar seus surtos e conseguir sua estabilização clínica. No entanto, não se tem como afirmar que a doença não vai voltar após o desaparecimento dos sintomas.

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES E PROMOÇÕES