É uma alteração crônica da pele, de etiologia desconhecida, que afeta preferencialmente a face. Ocorre vermelhidão persistente ou recorrente, telangiectasias (vasinhos aparentes na pele), podendo ocorrer inflamação com a formação de pápulas e pústulas, sendo frequentemente confundida com acne. Pode ser acompanhada, em uma forma mais tardia, de hiperplasia das glândulas sebáceas do nariz, condição essa conhecida como rinofima. Concomitantemente às manifestações cutâneas podem ocorrer alterações oculares. O tratamento pode ser realizado com medidas preventivas como evitar luz solar, calor e frios intensos, consumo de bebidas alcoólicas, condimentos, diminuir ingesta de carboidratos. Antibióticos orais e tópicos podem ser empregados para controle da afecção, assim como tópicos com ação calmante. A luz intensa pulsada é uma ótima opção de tratamento para controlar a vermelhidão facial e os “vasinhos” aparentes no rosto. No caso do rinofima os melhores resultados são obtidos através da ablação cirúrgica, eletrocirurgia, laser e dermoabrasão.

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES E PROMOÇÕES