Muito frequentemente confundida com micose, a pitiríase rósea é uma doença inflamatória da pele, não contagiosa. Não se sabe sua causa exata, mas estudos apontam associação com vírus. Apresenta- se como manchas avermelhadas na pele, descamativas, circulares ou ovais, que podem coçar ou não. Geralmente se iniciam com uma lesão maior evoluindo, cerca de duas semanas após, para múltiplas lesões menores. No início do quadro podem ocorrer sintomas semelhantes a uma gripe, como dor no corpo, febre, perda de apetite. Geralmente acometem tronco, pernas e braços, poupando face e palmas e plantas. No entanto, em crianças menores pode acometer a face. Geralmente não requer tratamento, pois pode haver resolução espontânea. Em casos mais graves pode ser feita fototerapia e uso de antivirais.  O uso de hidratantes específicos e medicações para coceira aceleram a melhora e dão mais alívio ao paciente. Outras doenças devem ser descartadas, como sífilis e micose, sendo muito importante a avaliação por um especialista.

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES E PROMOÇÕES