A desidrose é uma doença essencialmente restrita a palmas e plantas, com acometimento preferencial em regiões laterais de dedos de mãos e pés. É caracterizada por vesículas (“bolhas”) em sua fase inicial. Possui um curso recidivante, ou seja, acontecem durante o ano períodos de melhora e piora do quadro. Sua cura depende da descoberta do agente causador e da possibilidade de sua retirada definitiva. Fatores emocionais, atopia (“alergia”), medicamentos, substâncias de contato, entre outros, tem sido implicados como seus causadores. Além do tratamento com corticoesteróides, atualmente novas drogas têm sido indicadas nos casos mais graves ou refratários, como azatioprina, metotrexato, micofenolao de mofetil e ciclosporina. Os imunomoduladores tópicos, como pimecrolimo e tacrolimo também são importantes ferramentas para controle do quadro.

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES E PROMOÇÕES